Como otimizar o seu site para conseguir mais acessos - Bravulink

W3Schools 2ª VIA BOLETO

Como otimizar o seu site para conseguir mais acessos

Aprender como otimizar o seu site para SEO e conversões é crucial para o sucesso de seu site.

Se você tiver um bom SEO, poderá atrair mais tráfego e obter mais oportunidades de converter clientes em potencial.

Um site otimizado para conversões normalmente tem melhores métricas, como tempo na página e taxa de rejeição, o que significa que o Google pode classificá-lo melhor.

Aqui estão algumas perguntas e respostas comuns sobre como otimizar o seu site para conseguir mais acessos.

Qual é a primeira coisa que você deve fazer para ajudar sua empresa a aparecer nas pesquisas?

Crie e otimize o seu site tendo em mente o público que deseja alcançar, não os mecanismos de pesquisa.

Oferecer uma ótima experiência para as pessoas que visitam seu site ajudará tremendamente em suas classificações de pesquisa orgânica (ou seja, resultados de pesquisa fora da publicidade paga). Ter um site rico em conteúdo com um blog é uma das técnicas mais eficazes.

Você vai querer postar conteúdo novo e envolvente regularmente. Recomendamos postagens no blog de 500 palavras a 900 palavras, três a cinco vezes por semana.

Se você não tem tempo para fazer isso, comece com algo menos intenso – um vídeo rápido de sua loja ou uma atualização sobre o que está acontecendo em seu negócio.

É tudo sobre fornecer conteúdo novo e envolvente que seja interessante e útil para o seu público-alvo.

Que tipo de conteúdo você deve postar?

Descubra os tópicos mais relevantes para seus clientes atuais e potenciais. Converse com as pessoas em seu local de trabalho e observe quais plataformas de mídia social seus clientes estão usando.

Deixe que essas informações guiem sua estratégia de blog e conteúdo. É útil agrupar seu conteúdo em determinados temas.

Além disso, pense nas perguntas que as pessoas estão digitando nos mecanismos de pesquisa. Em que tipo de pesquisa você deseja que sua empresa apareça?

Por exemplo, se você é uma floricultura local, convém aparecer quando alguém pesquisar “Quais são as melhores opções de flores para o dia das mães?” ou “Quais são as últimas tendências em flores para casamento?”

Em seguida, escreva postagens que integrem e respondam a essas perguntas. As imagens também tornam as postagens mais atraentes e ajudam o SEO. Você pode adicionar poder de SEO extra incluindo legendas, bem como tags alt de imagem, nomes de arquivo e URLs.

Como os mecanismos de pesquisa realmente determinam sua classificação?

Nos cerca de 20 anos em que os mecanismos de pesquisa têm ajudado os usuários a encontrar sites, os fatores de classificação mudaram muito. No início, a popularidade geral do seu site era tudo o que importava.

Hoje, a classificação na pesquisa depende de vários fatores. Isso inclui conteúdo relevante e de alta qualidade; sinais de comportamento do usuário (como o tempo que as pessoas gastam em seu conteúdo); e links de volta para o seu conteúdo de sites ou mídias sociais relacionadas ao tema.

Mas esses fatores de classificação, assim como a própria indústria de SEO, mudam constantemente. Por exemplo, o Google faz mudanças regulares em seu algoritmo de pesquisa. Manter-se atualizado com as tendências de SEO é crucial para saber quais técnicas podem ter mais impacto.

O que diminui sua classificação?

Se você nunca atualizar o conteúdo do seu site, você diminuirá sua classificação, pois os mecanismos de pesquisa recompensam os sites com conteúdo novo. Além disso, se as pessoas apenas lerem a primeira ou duas linhas de uma postagem e saírem rapidamente (o que é chamado de “taxa de rejeição”), os mecanismos de pesquisa notam.

Crie conteúdo que prenda a atenção das pessoas. Fique longe de práticas que violam as regras dos mecanismos de pesquisa, como “recheio de palavras-chave”, que significa sobrecarregar seu conteúdo com palavras-chave e participar de “fazendas de links”, o que não serve a nenhum outro propósito além de vincular de volta ao conteúdo para tentar aumentar as classificações.

Seu site será derrubado na pesquisa – ou mesmo banido – se o Google ou o Bing detectarem essas coisas.

Também é uma boa ideia otimizar seu site e conteúdo para usuários de dispositivos móveis, pois se não fizer isso, as classificações do mecanismo de pesquisa também serão prejudicadas.

Existem outras maneiras de otimizar cada página?

Cada página do seu site oferece algumas oportunidades para impulsionar as classificações do mecanismo de pesquisa. Primeiro, escreva uma descrição relevante de 50 a 60 caracteres do tópico da página, chamada de tag de título.

Inclua suas palavras-chave principais, mas não se envolva em excesso de palavras-chave. Em seguida, crie uma meta descrição personalizada em cada página – uma descrição relevante do tópico da página.

Adicionar essas tags ajuda os mecanismos de pesquisa a identificar o conteúdo mais relevante para qualquer pesquisa.

Você deve se tornar um especialista em SEO?

SEO é algo que todo empresário pode aprender. Faça uma aula ou workshop local e verifique alguns recursos online. O Google tem um guia de SEO muito útil para iniciantes. Mas, para um resultado eficiente e rápido, contrate um Planejador web.

Para impulsionar suas classificações de pesquisa, atualize regularmente seu site com conteúdo compartilhável e envolvente que seja relevante para o público que você gostaria de alcançar.

O SEO e a otimização de conteúdo são fundamentais para alcançar a autoridade na internet. Promova o seu conteúdo da melhor forma possível e aplique as técnicas no seu site.

Gostou das dicas? Para mais conteúdos como esse, continue acompanhando o nosso blog.



Comentários

comentário(s)



Mais artigos

Porque usar um VPS?

Usar um VPS (Servidor Virtual Privado) é uma ótima maneira de aproveitar um pouco...

Porque usar um firewall?

Queremos destacar uma das ferramentas mais importantes e utilizadas para proteger um servidor na...

Como criar um site?

Impressionar os seus amigos, compartilhar idéias e alcançar pessoas em todo o mundo. Tudo...

O que é FFmpeg?

FFmpeg é uma ferramenta que implementa um descodificador e, em seguida, um codificador. Isto...

O que é código EPP?

O Extensible Provisioning Protocol (EPP) é um protocolo concebido para a atribuição de objetos...